Saturday, June 2, 2012

Tenepes com maturidade - Nanci Trivellato - TV Compléxis

1 comment:

  1. Do meu ponto de vista, somos uma civilização remanescente que floreceu na inconsciëncia a partir de um desastre natural que ocorreu em nosso mundo, num passado não muito distante, como sobreviventes de uma civilização global e totalmente consciente de seres terrestres(nascidos aqui) e extraterrestres) que foi dizimada. Estes desastre natural gerou como um dos subprodutos, uma degeneração energética cerebral nos corpos dos que sobreviveram(tanto terrestres como extraterrestres) a este desastre, animalizando-os e deixando-os inconscientes de quem eram e perdendo todo conhecimento que tinham. Esta degeneração energética foi a causa-raiz que desconectou o ser humano(espírito) do mundo extrafísico (primeira frequência humana) e dos habitantes de outras civilizações espalhadas no universo( que aqui vinham e dos que já colonizavam). Ajuda externa, lamentavelmente, chegou 3 mil anos depois quando as condições de turbulência dentro do nosso sistema estelar permitiram finalmente viagens de ajuda a nossa Terra. Porem a inconsciência já estava sacramentada numa civilização inconsciente e animalizada apesar dos esforços dos que de fora vieram para ajudar. A degeneração, por fim, deu inicio ao confinamento do ser humano dentro de seu próprio corpo degenerado - como que enjaulado. Começou a prevalecer a predominância animal(do corpo) sobre a predominância humana (espírito). Ou seja, em vez do espirito habitar o corpo e ter pleno controle sobre ele, é o corpo que habita e/ou controla o espírito. Enfim.. esta degeneração energética se propagou pelas gerações seguintes de animais humanos ( o instinto da matéria animal é o de preservação e continuação da espécie) até alcançar os dias de hoje. Todavia, com o decorrer dos tempos, esta degeneração energética cerebral começou a diminuir lentamente, melhorando progressivamente os níveis energéticos de consciencia e a civilização saiu da idade da barbarie pós acidente até atingir um bom estágio de civilização. Nossos irmãos espirituais e das estrelas sempre nos acompanharam nesta caminha rumo a recuperação da consciencia perdida, de maneira velada ou em alguma necessária intervenção para corrigir o nosso rumo. Caminhamos para nos tornarmos totalmente conscientes (pleno funcionamento energético de nossos cérebros) de quem somos, o que inclui reativação de muitas outras capacidades humanas (memória permanente, saída fora do corpo, clarividência, clariaudiência, etc), de convergência total com a nossa primeira frequencia humana (afinal de contas, somos imortais!) e finalmente, reatar nosso vínculo com as outras civilizações espalhadas pelo universo. Nossa história é absolutamente fantástica e nosso progresso tem sido magnífico rumo ao resgate de nossa consciência e de nosso lugar no universo. Cada civilização tem sua identidade e sua história e nós, talvez de uma maneira triste como resultado de um desastre, vamos construindo a nossa também.

    ReplyDelete