Thursday, September 20, 2012

Comentário : Porque pensamentos a cerca da morte, poderão ser bons para você


- por Nelson Abreu

Num estudo publicado via online em 5 de abril de 2012, na Revista de Revisão de Psicologia Social e da Personalidade, investigadores americanos e holandeses postularam que a consciencialização da morte pode ter efeitos positivos.

Este blog, tem discutido um outro estudo relacionado com a teoria da gestão do terror e como o medo da morte pode levar à vulnerabilidade na influência espúria da política, marketing, religiosas ou outras forças. No entanto, a equipe liderada por Kenneth Vail, da Universidade do Missouri, Columbia sugere que pode haver efeitos positivos também.

Uma maior consciencialização da morte pode levar a um melhor cuidado da sua saúde física, da sua priorização e planeamento financeiro – quantas pessoas evitam escrever um testamento por medo de confrontar a ideia da morte e deixar os seus sobreviventes com uma ligação após a sua morte. Uma não consciencialização pode, em muitos casos, levar a um melhor comportamento, melhores relações, maior envolvimento na comunidade e vidas mais ricas.

Confrontando a inevitabilidade da morte tem motivado os seres humanos ao longo dos tempos a buscar significado para a vida. Eles podem recorrer a crenças ou causas que lhes dão um senso de propósito, de significado e de identidade e de conexão.

A IAC está entre maiores especialistas do mundo no chamado "depois da vida" e no fenômeno Theta - a sobrevivência da consciência após a morte biológica. Os estudiosos da IAC postulam que experiências como a projeção consciente (experiência fora-do-corpo) fomentam uma consciencialização da morte, a par da superação  do medo da morte - que abunda mesmo entre aqueles que acreditam em uma vida após a morte. Superar esse medo, que é a causa de vários efeitos deletérios para a própria vida, não é só libertador  mas também promove a busca  acima mencionada de sentido, embora com uma perspetiva mais cósmica.

Nelson Abreu, B.S. Engenheiro Eletrónico é um voluntário na International Academy of Consciousness – Centro Educacional da Califórnia

No comments:

Post a Comment