Wednesday, December 11, 2013

Momentos da I Semana do Universalismo e Cosmovisão - Semana da IAC em Foz do Iguaçu

A I Semana do Universalismo e Cosmovisão decorreu entre 29 de novembro e 6 de dezembro com a participação de 38 voluntarios da IAC de vários paises e de colegas de diversas organizações em Foz do Iguaçu. A IAC convida seus colegas de outras instituições conscienciocêntricas a visitar o Campus IAC e as unidades internacionais para promover o intercâmbio acadêmico contínuo - uma excelente oportunidade será o 1º Congresso Internacional de Conscienciologia em maio de 2015. Agradecemos a bem-vinda durante esta semana.


Curso: Universalismo com prof. Luis Minero (IAC California)
 que compatilhou experiências da docência 
e outras vivências em diversos paises
O I Simpósio do Estado Vibracional e Desperticidade 
facilitou o debate de verdades relativas
de ponta apresentadas por pesquisadores 
da IAC e de outras organizações

I Simpósio do Estado Vibracional e Desperticidade

Académicos da IAC apresentaram 3 verbetes durante a semana:
Nanci Trivelatto (Campus IAC, Portugal) - Vibrostaseologia
Eduardo Vicenzi (IAC Alemanha) - Taxa Afetiva
Rosania Fernandes (IAC Lisboa) - Migração proexológica.
A Encyclossapiens ofereceu um curso de verbetografia
a futuros neoverbetógrafos da IAC.

 Voluntarios da IAC visitaram varias instituições
conscienciocêntricas radicadas em Foz do Iguaçu,
como por exêmplo a Ectolab

 
Estreia internacional do curso 
"Surgimento e Queda de Movimentos Parapsíquicos"
do prof. Gabriel Sereni (IAC New York)
com tradução simultânea,
traçou um arco histórico 
do estudo e educação sobre a multidimensionalidade
e convidou a considerar lições dos successos 
e fracassos de movimentos e instituições do passado

 A apresentação das diversas unidades da IAC 
foi seguida de um jantar dançante

 


Entre os eventos académicos e reuniões
 como a semi-anual de voluntarios (AGM)
ainda sobrou algum tempo para convívio e turismo

Tuesday, December 10, 2013

Perguntas e Respontas sobre o Estado Vibracional (EV) com Nanci Trivellato

Ton Martins entrevista Nanci Trivellato
Tema: Estado Vibracional -- Perguntas e Respostas - 1
Pesquisadora: Nanci Trivellato (Diretora Científica da IAC)

Perguntas e Responsas depois da entrevista prévia no Ciência & Consciência

Saturday, November 23, 2013

Universalismo: Evoluindo sem Limites - Video e Curso com autor Luis Minero em Foz de Iguaçu

Aproveite esta oportunidade de intercambio e convivialidade sadia!
Primeira das atividades da I Semana do Universalismo e da Cosmovisão* organizada pela IAC em Foz do Iguaçu, com o Professor Luis Minero, autor do Livro Demystifying the Out-of-Body Experience: A Practical Manual for Exploration and Personal Evolution

Estas atividades são gratuitas ou subvencionadas pela IAC para fazer possível o intercambio e encontro de voluntários internacionais da IAC com os integrantes da CCCI do Brasil.

UNIVERSALISMO
Evoluindo sem Limites

IAC

IAC Brasil
29 de NOVEMBRO 2013

Curso Intensivo Especial
Semana da IAC em Foz de Iguaçu!

Entrevista com Luis Minero sobre Universalismo

O universalismo leva ao fim de preconceitos, limites e obstáculos de todos os tipos, e a uma evolução mais dinâmica. É o conjunto de comportamentos de um indivíduo de acordo com a sua realidade consciencial mais ampla. Universalismo é também a filosofia das consciências mais evoluídas. Quanto mais a consciência é capaz de expandir as suas experiências e referências (por exemplo, através da projeção lúcida), maior será o seu nível de universalismo

O desenvolvimento do universalismo acontece na medida em que aumenta o nível de experiência, de realidade e de entendimento do individuo. Pode-se dizer que nosso nível de experiência é uma ferramenta com a qual podemos julgar e digerir tudo o que encontramos. Observamos que esta ferramenta será mais sofisticada na medida em que nossas experiências serão maiores em número e em versatilidade.

Alguns dos temas principais que serão apresentados:
• O tamanho das nossas referencias e nossos critérios
• Universalismo interno
• Cosmovisão vs. Determinismos
• Universalismo como uma ferramenta para a evolução
• Universalismo vs. dogma
• Aplicando universalismo
• Universalismo, coerência e cosmoética
• Vantagens e desvantagens da vida física quanto ao universalismo

O curso apresentará várias idéias para que os participantes possam aumentar o seu nível de universalismo, diminuir a influência dos condicionamentos físicos eevoluir com mais eficiência.
Dinamize sua evolução adquirindo mais Universalismo!
Quando?
Sexta-feira, 29 de novembro, das 19h - 23h

 
Local?
Discernimentum

Preço: R$40

Se você tem alguma pergunta, para inscrever-se ou para maior informação, 
entre em contato conosco:
Unidade da IAC Brasil:
Telefone: (45) 84045923 e 84328128
E-mail: Brasil@mundoIAC.org

Friday, August 30, 2013

Relato Pessoal: Auto-superação pela reavaliação intraconsciencial



Sónia Ferreira
Lisboa, Portugal

Em maio de 2001, após vários exames médicos, descobri ter desenvolvido um carcinoma ductal invasivo (cancro da mama). Durante o período anterior, durante e posterior à remoção cirúrgica do mesmo vivenciei acontecimentos que colocaram “à prova” o meu posicionamento íntimo face à vivência do paradigma consciencial na pratica. Na verdade nunca pensei que passaria por uma experiência semelhante e que repercussões intra e extrafisicas o evento iria desencadear.


O cancro caracteriza-se pelo crescimento descontrolado de células do corpo, alimentando-se de outras células e alojando-se em vários órgãos através do sistema sanguíneo e linfático. Estas mesmas células já não obedecem ao comando do sistema imunitário sendo esta patologia considerada “autoimune” (Diciopédia, Porto Editora, 2003). Até hoje a ciência convencional tenta explicar o porquê de tal comportamento, tentando desenvolver várias terapêuticas para a manifestação física da doença. Por outro lado, do ponto da pesquisa conscienciológica, as vivências estudadas apontam para o fato de que que a saúde intraconsciencial pode ser alcançada pela manifestação equilibrada dos seus pensamentos, sentimentos e emoções cuja repercussão positiva se faz sentir na saúde física como consequência e não uma causa. 


Na minha experiência do período anterior à manifestação física da doença, passei por momentos de muito stress emocional, profissional, com posicionamentos sérios no voluntariado em que participava, no entanto sempre pensei que as sensações no corpo físico estavam relacionadas com a tensão diária a que estava acostumada. Após diagnóstico médico especializado foi-me transmitido que a malignidade do carcinoma só poderia ser verificada na própria operação e em caso afirmativo teria que ser retirada a mama pelo facto de ser muito jovem (29 anos) e o risco das células cancerígenas crescerem com rapidez era elevado.


A 1ª pergunta que fiz após a cirurgia foi se tinha sido possível preservar a mama mas a resposta foi que infelizmente não. Naquele momento para minha própria surpresa interiorizei o acontecimento e pensei “bom, aconteceu, tenho que ajudar na recuperação, vou ter que me esforçar”.


A consciência e auto-imagem


Embora sendo consciências num corpo animal na realidade física onde nos manifestamos, condicionamo-nos a pensar apenas como seres sociais. Ou seja é mais difícil relembrar que somos consciências imortais, com vivências em inúmeras vidas, dentro de um corpo denso embora resistente, perecível. Mais importante do que perder o membro físico seria sobreviver pois tinha uma programação de vida a cumprir e em uma fase posterior entender com profundidade o surgimento da patologia. Outra experiência marcante foi verificar que apesar do fato de ter tido uma modificação radical no meu corpo a minha preocupação inicial foi desdramatizar a situação, principalmente junto de uma familiar próxima, que dava muita importância ao aspeto físico e que estava preocupada comigo. O desvio do foco na assistencialidade ao outro é por si próprio um ato promotor de auto-cura pois deixamos de estar centrados apenas no nosso microuniverso e de mobilizar cargas emocionais excessivas e muitas vezes despropositadas. Este processo só é possível se a consciência for verdadeira naquele momento evolutivo. Para mim foi muito importante entender esta postura e aprender com ela.


Não-vitimização (papel agressor-vitima)


A pacificação íntima surge quando abandonamos a postura de vítima. A partir daquele momento em que decidi que eu teria que estar à altura do desafio que tinha pela frente e mais ninguém, tudo à minha volta convergiu para auxiliar na recuperação. A minha preocupação maior era estar à altura do desafio daquele momento, que eu sabia que não era fácil. Evoluir é ultrapassar a barreira do que é que nos acostumámos a esperar até de nós mesmos. Maturidade é saber abdicar de posturas deslocadas e a não vitimização é uma medida profilática porque abre portas para outras fases de entendimento. Podemos ficar surpreendidos com os resultados.


Energia deslocada na recuperação – feedback retroalimentativo


Toda a tensão antes da cirurgia dissipou-se, a energia que sentia era canalizada para o exterior. As pessoas que me visitaram no hospital apareciam receosas do meu estado emocional e saíam bem-dispostas por me verem tranquila. Na prática, de forma natural, instalou-se um sistema reatroalimentativo ou seja eu transmitia sinceridade na postura pró-ativa e todos devolviam essa mesma energia o que ajudava muito na recuperação. Na semana que estive no hospital, apesar de ter ficado num quarto isolada nunca me senti sozinha. Todos estes acontecimentos deixavam-me motivada de que estaria no caminho certo, independentemente do futuro.


Análise do momento evolutivo


Os acontecimentos provocaram profunda reflexão porque embora estivesse ainda a passar fisicamente pelo pós-operatório sentia-me muito bem, cheia de energia. Percebia-me apoiada física e extrafisicamente também por consciências amparadoras (consciências com maior discernimento, fraternas, em outras dimensões) ampliando aquele momento evolutivo. Conseguia perceber que o processo era manter a lucidez e abertura para a recuperação e isso partiria do trabalho em conjunto. Neste processo um fator chave foi o fato de estar envolvida no voluntariado conscienciológico e saber da importância da teática (teoria e pratica) na vivência. Se aceitava o fato de ser mais do que o corpo físico, ser uma consciência multiexistencial (várias vidas) e multidimensional (várias dimensões) seria o momento de vivenciar na prática o conceito. Assim surgiram algumas condições vivenciadas:


- 1ª premissa da sobrevivência
- Compromisso com a auto-superação
- Assumir sem drama a doença como patologia
- Reciclagem das posturas intraconscienciais
- Pró-atividade e menos reatividade
- Racionalidade e discernimento 
- Despersonalização da doença: anti-vitimização
- Estar aberto à afetividade sadia
- Evitação de comparações: cada caso é um caso
- Priorizar a reflexão e auto-pesquisa, registar as informações
- Perceber os insights das equipes de amparadores
- Ser mais fraterna com as necessidades das outras consciências

Auto-pesquisa e Hetero-pesquisa


Hoje passados 12 anos vejo que aquele momento de lucidez lá atrás trouxe-me muita informação. Iniciei uma auto-pesquisa dos meus traços pessoais, como foi a minha infância, aspetos do meu temperamento, doenças do grupocarma (família), qual o meu padrão de pensamentos diário. Nesse seguimento em 2006 elaborei um questionário de pesquisa de opinião pública com o objetivo de procurar pontos em comum com outras consciências que passaram pelo mesmo, colocando-o ao dispor num blog que criei para o efeito. Das respostas que obtive, algumas das conclusões preliminares mostraram que na generalidade todos vivenciaram momentos desafiantes do ponto de vista emocional entre 1 a 3 anos do aparecimento somático do cancro, alguns padrões de mágoa e tristeza acentuaram o processo e quase todas foram unânimes no facto de escrever a sua experiência no papel ter sido algo terapêutico em si mesmo. É meu objetivo em breve publicar o resultado dessa mesma pesquisa.



Sónia Raquel Ferreira tem 41 anos, com experiência em design gráfico e multimédia, é voluntária da conscienciologia em Portugal desde 1999 e membro da International Academy of Consciousness (IAC-Academia Internacional da Consciência).

Thursday, August 8, 2013

Pergunte à IAC: Dúvida sobre Vidas Passadas de Sandpoint, Idaho (EUA)

Pergunta:

Olá! Eu queria perguntar se a visão de uma vida passada é considerada uma experiência fora
do corpo… Também é possível ver a vida de alguém? Eu ouvi sobre registos Akáshicos, mas não tenho certeza se é como acontece.

Eu fiz uma regressão a vidas passadas e vi uma vida mas justamente não estou certo se era a minha. Ficaria muito grata pela vossa opinião! Muito obrigada!

Responta:

Muito obrigado pelas suas perguntas interessantes.

A retrocognição é um fenómeno da consciência pelo qual nos permite reviver, vários níveis, um evento de uma vida passada ou um período entre vidas. A retrocognição pode acontecer durante os vários estados alterados ou estados da consciência: o estado de vigília, durante um sonho, durante uma experiência fora do corpo, e até mesmo no período entre vidas quando não temos um corpo. Nós tipicamente relembramos as nossas próprias experiências do passado, mas não é impossível acessar a informações de alguém mais. Isto pode acontecer numa sessão em grupo de regressão a vidas passadas, através de hipnose (memórias do hipnotizador ou de alguém perto da área da sessão). Por conseguinte, é aconselhável realizar uma tentativa de retrocognição num ambiente isolado e energéticamente otimizado.

Se alguém na realidade tencionar acessar a outras memórias passadas, isso pode ser facilitado por um acoplamento áurico intencional, prolongado e intenso ou fundirem-se, temporáriamente os dois campos energéticos individuais.

Sugiro a entrevista com Wagner Alegretti e o seu livro como excelentes fontes de estudo deste fenómeno em profundidade e a sua aplicação no desenvolvimento espiritual.

Os registos Akáshicos são mais uma metáfora do que um lugar propriamente dito, pelo menos como provado por consenso dos nossos pesquisadores. Este conceito remete-nos para a ideia que nós podemos aceder a  uma  vasta riqueza de conhecimento e memória  de todas as coisas e de todos  os tempos. Este conceito, de qualquer maneira, é relatado por uma experiência muito distinta de retrocognição: a chamada projeção do corpo mental ou a experiência de cosmoconsciência.

A veracidade de lembrança de vidas passadas está entre a mais dificil de verificar entre os fenómenos psíquicos. Ceticismo saudável ou hesitação em aceitar uma simples experiência como uma lembrança real, é uma atitude criteriosa. Nós podemos ter mais certeza acerca de hipóteses particulares com a acumulação de múltiplas experiências e confirmação de outras evidencias (tais como uma análise dos nossos interesses, traços de personalidade, e outros). 

Repito, este aspecto está muito bem defendido por Alegretti no seu livro. Todavia, certas experiências são muito vivídas e a reconstituição estrutural dos acontecimentos tende a ser emocional, impactante, altamente significante na moldagem de quem nos tornamos. Se a memória expressada parece ser fora do lugar, se não encaixa dentro de qualquer das suas características salientes, e não foi particularmente comovente ou impactante, são de qualquer modo, provavelmente não se trata de uma retrocognição.

Nelson Abreu
Professor
IAC Califórnia


Tradução: Rosa Teixeira, IAC Portugal 


Monday, August 5, 2013

Conferência Completa: Parapsiquismo Infantil - crianças sensitivas e suas susceptibilidades com Nanci Trivellato, Msc

Nanci Trivellato, MSc. em psicologia, professora e pesquisadora da International Academy of Consciousness (IAC) aborda o tema crucial do parapsiquismo infantil dos pontos de vista de experiência própria e técnico.

A conferência é dedicada aos pais que tenham filhos que pensem ser parapsíquicos e aosadultos que possam ter sido parapsíquicos na infância ou na juventude e queiram compreender as vivências de então e as relações que estas possam ter com sua condição hoje.

ALGUNS TEMAS ABORDADOS:

- crianças psíquicas e sensíveis às energias sutis;
- clarividência infantil e outros fenômenos psi;
- crianças médiuns;
- terror noturno;
- sonambulismo;
- pesadelos;
- mediunidade infantil e juvenil;
- energias gravitantes negativas;
- repercussões na adultidade do parapsiquismo ou mediunidade mal compreendida;
- experiência fora do corpo ou viagem astral na infância;
- percepção de consciências não físicas (espíritos) na infância;
- características das percepções extra-sensoriais (ESP), mediunidade ou parapsiquismo na primeira infância, segunda infância e pré-adolescência;
- TÉCNICAS para auxiliar casos de crianças parapsíquicas que estejam tendo dificuldades. 



Nanci Trivellato - Parapsiquismo Infantil (TV Complexis)

RELACIONADO: Extraído da entrevista completa
"Experiência na Avaliação e Desenvolvimento Parapsíquico"
dada por Wagner Alegretti e Nanci Trivellato a Tom Martins
do programa Ciência e Consciência na TV Compléxis

LOCAL e DATA: 

Conferência dada no Campus de Pesquisa da IAC na Despertópolis, Evoramonte, Alentejo, Portugal, para plateia presente em pessoa e online, em 24 de maio de 2013.

CONFERENCISTA:


Nanci Trivellato, MSc. formou-se em Letras no Brasil e realizou o seu mestrado em Métodos de Investigação Aplicados à Psicologia, em Inglaterra. Tendo vivenciado projeções conscientes e outros fenómenos parapsíquicos desde os seus 7 anos de idade, Trivellato é pesquisadora e professora de Conscienciologia e Projeciologia desde 1992. Foi coordenadora geral das atividades da Conscienciologia na cidade de São Paulo, Brasil, até 1994, quando se mudou para os EUA na posição de co-fundadora da unidade educacional da Flórida. Em 1999, Trivellato transferiu-se para Inglaterra, onde atuou como coordenadora da unidade de Londres durante quase 10 anos. Entre 2002 e 2004 também atuou globalmente no ‘Departamento de Educação’ e no ‘Departamento de Comunicação’ da IAC, quando passou a assumir o cargo de Diretora do ‘Departamento de Pesquisa e Comunicação Científica desta organização, posição que continua a exercer. 

Durante o ano de 2008, Nanci transferiu a sua base física para Portugal, passando a assumir as suas funções desde o Campus de Pesquisa da IAC. Trivellato proferiu conferências em 14 países, nas Américas, Europa e Ásia, e é a fundadora do Journal of Conscientiology, do qual foi Editora-chefe de 1998 a 2010. Ela vem conduzindo investigações nas áreas da Despertologia, Energometria, Holocarmalidade, Holochacralidade, Parapercepciologia e Projeciologia, sendo que, os resultados de várias destas pesquisas foram apresentados internacionalmente em congressos e conferências de Conscienciologia e de outras linhas do conhecimento humano. Trivellato ganhou o primeiro lugar do 2º Prémio Global IAC para Contribuição Científica em Conscienciologia, edição de 2010, pela sua pesquisa sobre o Estado Vibracional.

Monday, July 29, 2013

Alegretti entrevista Ivan Lima, PhD: Pesquisas Bioenergéticas

Entrevista com Dr. Ivan Lima, atualmente professor na North Dakota State University, nos EUA, e fundador da Association for Multidimensional Awareness, sobre seus projetos e empreendimentos para pesquisa parapsíquica e bioenergética, incluindo suas investigações sobre as imagens de "aura" obtidas através da fotografia Kirlian. Entrevista realizada por Wagner Alegretti, pesquisador junto à International Academy of Consciousness (IAC) (www.iacworld.org).

Youtube:


Thursday, July 25, 2013

Avaliação Individual, Parapsíquica, Energométrica & Coaching Evolutivo com Nanci Trivellato e Wagner Alegretti (Entrevista)

Avaliação Individual, Parapsíquica, Energométrica & Coaching Evolutivo
com Nanci Trivellato e Wagner Alegretti
Entrevista, Programa Ciência e Consciência

Mais informações: brasil@iacworld.org ou campus@iacworld.org




Curso OLVE Atendendo a inúmeros pedidos, os professores e epicons Nanci Trivellato e Wagner Alegretti promovem esta atividade, a qual se baseia em vasta experiência acumulada com mais de 1600 horas de avaliações energético-parapsíquicas individuais realizadas como parte do treinamento do curso Meta: Desperticidade, desde março de 2003, e nas mais de 1000 horas de trabalho bioenergético ultraespecializado, multifacetado e personalizado, realizado no curso individual VIP Training, no Campus da IAC, desde agosto de 2005.
As sessões de Avaliação Parapsíquica Energométrica (APE) incluem anamnese bioenergética (energossoma, bloqueios e outras disfunções, energoplugues, psicosfera, relações extrafísicas e outros), análises pertinentes e indicações ou prescrições, quando for o caso. Demonstrações, treinos e exercícios práticos são também realizados, segundo a necessidade do despertando (ou aspirante a desperticidade). Propicia também oportunidade para a pessoa abordar questões específicas e dúvidas sobre seus próprios processos parapsíquicos e energético.
Diferente das avalições do curso Meta: Desperticidade, dado por Wagner e Nanci – as quais pressupõem um acompanhamento e plano de ação ao longo de um ano, com tarefas de casa a serem feitas pelos alunos – as sessões de APE estão planejadas com abordagem e técnica específicas, o que possibilita que sejam realizadas de forma independente e sem a necessidade obrigatória de outras sessões. Contudo, caso seja necessário ou de interesse do despertando, é possível fazer agendamento de mais de uma APE.
•  Os despertandos terão direito a tirar dúvidas ou discutir resultados
e progresso online, via Skype, diretamente com os professores 
Pré-requisito: CIP, CDC ou equivalente
Duração da sessão: 1h30m
Idade mínima: 18 anos (ou com autorização ou acompanhamento dos responsáveis no caso de menores)

Esta atividade, criada por dois dos professores e epicons mais experientes da Conscienciologia, consiste em uma oportunidade evolutiva ímpar, ao permitir o agendamento de uma ou mais sessões de coaching visando necessidades específicas. Os próprios professores Wagner ou Nanci atuarão diretamente como mentores ou consultores conscienciológicos.
O mentoreado poderá discutir sobre casos pessoais, experiências parapsíquicas, conquista da desperticidade, desenvolvimento bioenergético, estratégias evolutivas, processos parapsíquicos, desafios para a consecução da dupla evolutiva, dúvidas quanto à tenepes, técnicas parapedagógicas, orientação para pesquisa conscienciológica e redação de artigos científicos internacionais, ou qualquer outro assunto conscienciológico que seja pertinente.
Atividade especialmente indicada nos casos em que o tema seja de complexidade que não permita à pessoa tê-lo esclarecido num curso regular, onde um programa específico está pré-estabelecido ou devido à presença de outras pessoas, o que poderia inibir ou impedir a abordagem daquele tema. O objetivo é apoiar a conscin na aceleração de seu processo evolutivo pessoal, aportando conhecimento, ideias e experiências, sob uma óptica cosmoanalítica e multidimensional.
Coaching Evolutivo é conduzido por epicons com ampla experiência internacional, multicultural, multidimensional, parapsíquica e parapedagógica, podendo, portanto, aportar análise especializada e ao mesmo tempo diferenciada à questão a ser tratada durante a sessão.  
Pré-requisito: CIP, CDC ou equivalente
Duração da sessão: 1h30m
Idade mínima: 18 anos (ou com autorização ou acompanhamento dos responsáveis no caso de menores)



Se você enviou já sua ficha de inscrição, em breve irá receber retorno
sobre o seu horário de atendimento individual


Nanci Trivellato
Diretora de Pesquisa e Comunicação Científica, IAC
Dados Biográficos - Sumário
Nanci Trivellato, MSc., formou-se em Letras no Brasil e realizou seu mestrado em Metodologia Científica em Psicologia na Inglaterra, em 2004. Tendo vivenciado projeções conscientes e outros fenômenos parapsíquicos desde os seus 7 anos de idade, em 1990 retirou-se da posição administrativa que assumia na época junto à IBM para dedicar-se à pesquisa da consciência. Em 1991, Trivellato tornou-se pesquisadora de Projeciologia e vem atuando como professora na área da Conscienciologia desde então.
Foi coordenadora geral das atividades da Conscienciologia em São Paulo, Brasil, até 1994, quando se mudou para os EUA na posição de cofundadora das atividades conscienciológicas nesse país. Em 1999, Trivellato transferiu-se para a Inglaterra, onde assumiu a posição de coordenadora da unidade de Londres por quase 10 anos. De 2002 a 2004 também atuou internacionalmente nas áreas de Educação e Comunicação da IAC, quando passou a assumir a diretoria do Departamento de Pesquisa e Comunicação Científica desta organização, cargo que continua a exercer. Durante o ano de 2008, Nanci transferiu sua base física para Portugal, passando a assumir suas funções desde o Campus de Pesquisa da IAC.
Atuando na posição de epicon desde 2004, Nanci proferiu conferências em 14 países, nas Américas, Europa e Ásia. Idealizadora, e coautora, do curso Energizador Lúcido e do curso de campo Práxis Multidimensional, ministrado exclusivamente no Campus da IAC em Portugal, o qual inclui componentes com enfoque científico visando experimentos de ectoplasmia. É ainda professora e coautora dos cursos Meta: Desperticidade e VIP Training, cursos de sucesso internacional que vêm inspirando a outros e estabelecendo novas tendências na parapedagogia conscienciológica.
Em 2010 foi-lhe outorgado o título de vencedora do Prêmio Global IAC para Contribuição Científica em Conscienciologia por seu artigo científico, reconhecido internacionalmente, Atributos Mensuráveis da Técnica do Estado Vibracional. Seu trabalho foi o pioneiro no estudo detalhado dos fatores envolvidos no desenvolvimento e instalação voluntária do EV.
Fundadora do Journal of Conscientiology, do qual foi editora-chefe por 15 anos, sendo este periódico científico o mais importante veículo de divulgação da ciência Conscienciologia globalmente, distribuído em 34 países.
Já foi entrevistada e teve seus artigos publicados pela mídia de mais de 30 países espalhados por todo planeta. É ainda autora do DVD Experiência Fora do Corpo: Um Vislumbre da Imortalidade, o qual está disponível em 10 idiomas.É a idealizadora, autora e gestora de inúmeros projetos pilares da IAC, tanto estruturadores como de acesso à comunidade internacional.
Nanci vem conduzindo pesquisa nas áreas da Despertologia, Ectoplasmia, Energometria, Holochacralogia, Holocar­ma­logia, Parapercepciologia, Paratecnologia Laboratorial (Laboratoriologia) e Projeciologia, sendo que resultados de várias destas pesquisas foram apresentados internacionalmente em congressos e conferências promovidos por instituições diversas dedicadas ao estudo da consciência, bem como em eventos conscienciológicos, incluindo vários congressos e simpósios internacionais.
Criou e ministra regularmente os seguintes cursos:
Cursos Temáticos Ministrado desde
Análise da Projeção Consciente a partir de resultados de Pesquisa
de Opinião Pública
2000
Análise do Mecanismo e Elementos promotores dos Fenómenos Parapsíquicos 2000
Chacras: Ferramentas para o Autoconhecimento 1996
Dupla Evolutiva na Prática 1997
Holocarma: Conta Corrente Evolutiva 1997
Inversão e Reciclagem Existenciais: debates pertinentes 1999
Lucidez: uma Abordagem Multidimensional à
Aquisição e Recuperação de Lucidez da Conscin e Consciex
2002
Mentalsomática e Ginossomática 2007
Sinalética Energética e Parapsíquica 2000
Superando Fatores que Podem Inibir a Projeção Consciente 1999
Tenepes na Prática: uma Abordagem Multivivencial e Multidimensional 2001

Workshops
(cursos com dinâmicas e atividades práticas diversas)
Ministrado
desde
Bioenergy Attunement – check-up e rebalanceamento energossomáticos 1999
Chacras - Avançado 2000
Conscienciograma: Uma Dinâmica para Ampliação
do Auto-conhecimento
1998
De Amparado a Amparador 2001
Energizador Lúcido: Aplicação Técnica da Exteriorização de Energias 2012
Estado Vibracional: um estudo profundo através do treinamento
prático dos atributos da OLVE e instalação do EV
2009

Atividades Individuais Ministrado
desde
Avaliação Parapsíquica Energométrica 2004
Coaching Evolutivo 2004
VIP Training 2005

Cursos de Campo e Workshops de Imersão Ministrado desde
Campo Projetivo 2004
Gestação Mentalsomática 2004
Meta: Desperticidade 2003
Práxis Multidimensional 2008

Wagner Alegretti
Presidente da IAC
Dados Biográficos - Sumário
Nascido em São Paulo, Brasil, em 1961, Wagner Alegretti graduou-se em Engenharia Eletrônica pela USP. Em sua carreira como engenheiro, trabalhou em geração de eletricidade, equipamentos biomédicos e especializou-se em desenvolvimento de software para telecomunicações.

Em 1988, optou por abandonar sua carreira para dedicar-se em tempo integral às atividades ligadas à Projeciologia e Conscienciologia. Projetor consciente desde 1971 e pesquisador da PC desde 1980, tornou-se voluntário do hoje extinto Centro da Consciência Contínua, primeira IC existente, logo após conhecer Waldo Vieira, em 1982.

Em 1988, co-fundou o IIP (hoje, IIPC), do qual foi Diretor Administrativo por 5 anos. Em 1994 estabeleceu a unidade Miami do IIPC, onde residiu até 1999. Mudou-se então para a Inglaterra, onde dirigiu a as atividades da Conscienciologia naquele país por quase 10 anos. Hoje, residente em Portugal, no Campus de Pesquisa da IAC, é o presidente desta instituição desde 2001.

Tendo realizado pesquisa de campo na área dos fenômenos parapsíquicos e projetos de pesquisa sobre bioenergias, inclusive com a construção de dispositivos para seu registro e medição. Pioneiro no estudo científico da fisiologia e parafisiologia do estado vibracional, conduzindo pesquisa do mesmo desde 2007 através da ressonância magnética nuclear funcional do cérebro. Além de sua pesquisa sobre o Estado Vibracional, juntamente com Nanci Trivellato conduz pesquisas sobre pesquisas sobre a projeção consciente, parapercepciologia, ectoplasmia, e também sobre controle bioenergético.

Epicon desde 1999, sendo o primeiro a tornar-se epicon depois de Waldo Vieira. É idealizador e coautor do curso de campo Campo Projetivo, primeiro curso de campo criado além do ECP2, o qual foi também o primeiro curso de campo a ser dado por mais de um epicon e primeiro curso de campo sobre projeção. Em 2002 idealizou o curso Meta: Desperticidade, do qual é coautor, sendo este o primeiro curso sobre o tema jamais criado.

Autor do livro Retrocognições (editado em português, inglês, espanhol, e japonês, e sendo traduzido para o francês e alemão), desde 1985 Wagner vem atuando como palestrante e conferencista sobre tópicos relacionados à Projeciologia e Conscienciologia em inúmeras Universidades e Fóruns Internacionais, e na maioria dos eventos internacionais promovidos pela Conscienciologia, incluindo o inaugural I CIPRO, Rio de Janeiro em 1990, o I FIC / II CIPRO, Barcelona, 1999; III CIPRO, New York, 2002; IV CIPRO, Belo Horizonte, 2008; e 2º. Simpósio Internacional de Pesquisa Conscienciológica, em Evoramonte, Portugal, 2008. Em 1992 proferiu também conferência na International Earth Summit - Global Forum of Ecology, no Rio de Janeiro; conhecida como Eco 92.

Alegretti também ministrou cursos e palestras em inglês e espanhol em diversos países ao redor do mundo, incluindo Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, Chipre, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, Holanda, Japão, México, Portugal, Reino Unido, Romênia, Suíça, tendo sido entrevistado e publicado artigos em inúmeras mídias pelo mundo afora.

Criou e ministra regularmente os seguintes cursos:


Cursos Temáticos Ministrado desde
Análise da Projeção Consciente a partir de resultados de
Pesquisa de Opinião Pública
2000
Cosmoética 1997
Dupla Evolutiva na Prática 1997
Ectoplasmia e Fenômenos Paranormais  2000
Escala da Consciência Contínua 1999
Higiene Energética e Consciencial 2002
Paraecologia e Paratecnologia 2002
Parapsiquismo: Animismo X Mediunismo 2002
Retrocognições: Recordando Vivências Passadas 1996
Tenepes na Prática: uma Abordagem Multivivencial e Multidimensional 2001
             
Workshops (cursos com dinâmicas e atividades práticas diversas) Ministrado desde
Bioenergy Attunement – check-up e rebalanceamento energossomático 1999
Energizador Lúcido: Aplicação Técnica da Exteriorização de Energias 2012
Identificando a sua Programação Existencial 2002
Teática das Bioenergias 1991

Cursos de Campo e Workshops de Imersão Ministrado desde
Campo Projetivo 2001
Gestação Mentalsomática 2004
Meta: Desperticidade 2003
Práxis Multidimensional 2008

Atividades Individuais Ministrado desde
Avaliação Parapsíquica Energométrica 2004
Coaching Evolutivo 2004
VIP Training 2005
International Academy of ConsciousnessA IAC (International Academy of Consciousness) é uma organização sem fins lucrativos dedicada à investigação científica da essência humana (consciência, alma), com especial ênfase na experiência fora do corpo, autodomínio das energias vitais e outras manifestações multidimensionais. Toda informação apresentada pela IAC está baseada em princípios científicos e anos de investigação e experiência.

© 2000 - 2012   IAC (International Academy of Consciousness). Todos os direitos reservados.
Obrigado pelo continuado interesse nas atividades da IAC.
IAC - International Academy of Consciousness