Wednesday, January 28, 2015

Luto, perda e recomposição sob uma perspectiva multidimensional – Rosalba Cordeiro (IAC)


Entrevista concedida por Rosalba Cordeiro, psicóloga, pesquisadora e professora da IAC (International Academy of Consciousness), na qual aborda, sob o ponto de vista da Psiquiatria e da Conscienciologia, os processos relacionados com a dor da perda e as reações naturais ou disfuncionais associadas a esse pesar.

O luto e suas consequências holossomáticas devido a separação causada pela morte biológica (dessoma), é amplamente abordado. São compartilhadas técnicas para lidar de maneira profilática com a própria dessoma, bem como com o pesar já sentido pela dessoma de um ente amado.

Entrevistadora: Nanci Trivellato

Contato para curso: campus@iacworld.org
Contato para pesquisa: luto.pesquisa@iacworld.org
Revista científica IAC: Journal of Conscientiology (JofC) – http://www.jofc.org
IAC – International Academy of Consciousness – http://www.iacworld.org
Para sugerir temas para futuros programas: tema.TV@iacworld.org

Acoplamentarium: Acoplamento Energético e Clarividência Novo Curso de Campo 20 e 21 de maio de 2015



Sem Pré-Requisito. Aproveite esta oportunidade excepcional!

O Curso Acoplamentarium: Acoplamento Energético e Clarividência visa o desenvolvimento do parapsiquismo lúcido, através das técnicas do acoplamento energético e da clarividência facial. O campo energético instalado atua como um portal multidimensional, favorecendo o intercâmbio entre participantes e consciências extrafísicas afinizadas. Este curso será oferecido no Campus da IAC, em meio à natureza, favorecendo a ectoplasmia e usando a infraestrutura e holopensene otimizados e seguros.

Uma imersão dentro do Campus da IAC.

Objetivos:

  • Experimentar as técnicas do acoplamento energético e da assimilação simpática
  • Desenvolver a clarividência e diagnósticos parapsíquicos
  • Desenvolver a autoconsciência energossomática e a autopesquisa parapsíquica 
  • Aprofundar a sinalética energética pessoal
  • Promover o desassédio e o autodesassédio

Este curso fará parte de uma série de atividades da IAC associadas ao 1º Congresso Internacional de Conscienciologia, que acontecerá posteriormente, nos dias 22, 23 e 24 de maio. Aproveite e participe de ambas atividades! Tem só 40 vagas para o Acoplamentarium!

MAIS INFORMAÇÕES: http://promo.iacworld.org/offices/campus/activities/acoplamentarium/2015/pt/email.html

EPICENTROS CONSCIENCIAIS
Wagner Alegretti, Nanci Trivellato e Ítalo Martins




Thursday, January 22, 2015

Wednesday, January 21, 2015

Consciência: raiz da crise económica, tema de congresso internacional no Alentejo

O prof. Ernâni Lopes, ex-Ministro das Finanças de Portugal e um dos grandes responsáveis pela integração Europeia, já avisava antes de falecer em 2010 que a perda de valores poderia levar ao definhamento da Europa. No programa Plano Inclinado (SIC), declarou que para o pais melhorar o plano económico, a nação teria que estudar as camadas mais profundas da economia.

Antes do PIB e taxas de juro, estão fluxos de informação, que por sua vez surgem de um jogo de poder entre os vários actores e grupos de interesse. Para melhorar os resultados (menos corrupção, bem estar generalizado), temos que ir ainda mais a fundo e estudar os valores, as atitudes e os padrões de comportamento. Como podemos ter mais exigência, excelência, dureza, seriedade, honra, conhecimento, trabalho e honestidade no governo, se não são condições generalizadas nas populações, perguntara prof. Lopes, um dos mais concentuados economistas de uma geração.

Apontou para uma camada do processo económico ainda mais profunda: a da inteligência, vontade e energia. Para uma economia Europeia mais saudável em 2025, é preciso uma consciência mais saudável o mais cedo possível. A economia – assim como todos os sectores da civilização – emerge da consciência, o estudo cientifico do qual se torna imperativo nesta era de crise ecológica, econômica e sócio-política em que os limites do actual paradigma materialista-reducionista mostra indícios de esgotamento. A natureza e a transformação da consciência são  os temas de um congresso inédito dirigido a leigos e académicos que decorrerá no Campus de Pesquisa da International Academy of Consciousness (IAC) em Evoramonte de 22 a 24 de Maio, 2015: Congresso Internacional da Consciencia (CIC).




O Congresso conta com cerca de 30 conferencistas dos EUA, México, El Salvador, Equador, Brasil,  Portugal, Reino Unido, Espanha, Itália, Suiça e Noruega. Entre outros, destacam-se o inventor do microprocessador comercial que lançou a Era Digital (prof. Federico Faggin); Tom Campbell, MS (autor e consultor da NASA); Brenda Dunne, MS (do controverso laboratório PEAR da Princeton University que chamou a atenção do astrónomo Carl Sagan); o físico quântico prof. Massimiliano Sassoli de Bianchi; o investigador Suíço prof. Olaf Blanke que atraiu atenção da prensa internacional pelos seus estudos da neuro-ciência das experiências fora-do-corpo e outros estados alterados da consciência, e o eng. Wagner Alegretti (ex-presidente da IAC e autor do best-seller Retrocognições).




O prof. Mendo Henriques e a prof. Nazaré Barros da Universidade Católica de Lisboa abrem o Congresso enfatizando a relevância dos estudos da consciência para o dia-a-dia dos Portugueses e todos os humanos, muito alem de uma mera curiosidade efémera de intelectuais. A dupla de filósofos de renome internacional descreve a consciência como aquilo que os humanos usam para viver e filtrar a realidade e de onde surgem os valores que são a base da transformação e da forma como os humanos fazem sentido de si mesmos e do mundo.  São autores da obra ímpar Olá, Consciência que "destina-se a todos que não se conformam com a facilidade do pensamento único ou da resposta pronta e desejam adentrar o mundo da consciência como uma experiência libertadora, a fim de compreender com maior clareza questões que envolvam ciência, política, economia, arte, metafísica, religião. Olá, Consciência! comprova que a filosofia é para todos, basta querer pensar por si mesmo. Pode parecer uma jornada arriscada e até perturbadora, mas não há como ser diferente. Toda actividade filosófica é assim: levanta dúvidas e incomoda, para, enfim, trazer lucidez."


Olá, Consciência!

Curso Online: A Consciência dos Valores


Mendo Henriques e Nazaré Barros "trazem assim a filosofia de volta à praça pública — onde ela nasceu — e introduzem os leitores no mundo da consciência como chave de compreensão do que nos rodeia, na ciência e na política, na arte e na religião, na economia e na metafísica, na comunicação e na ética. Olá, Consciência! destina-se a todos os que não se conformam com a norma instituída, com o politicamente correto, com a superficialidade e o comodismo do pensamento único. Porque a filosofia é de todos os que ousam pensar por si próprios." 


Para os autores, a Filosofia “é de todos os que ousam pensar por si próprios”, e porque “quem entra na filosofia corre o risco de se tornar um dissidente. Dissidente na sua própria terra, dissidente do poder instituído, da opinião comummente aceite, dos êxitos mundanos, do mundo dos negócios, do prestígio social. Dissidente da vida vulgar, do senso comum, da moda, das banalidades e das brutalidades da vida quotidiana. Dissidente do pensamento único, de tudo o que é aceite passivamente, da norma, do politicamente correto, do instituído, do consensual, do tradicional. Dissidente do poder e do snobismo das criaturas de sucesso que procuram as luzes da ribalta para expor as suas vaidades. Dissidente da passividade dos media, do comodismo fácil das opiniões aceites, da normalidade superficial dos dias, das vozes cómodas, pacíficas e conformistas”…

"O que é que nós somos? Não sei. Mas é uma boa pergunta para começar a tentar perceber o que é a ética.", disse Mendo Henriques em sessão da Sociedade Aberta que decorreu na galeria do Diário de Notícias em 2013. "Que porquês temos para viver?" O prof. Henriques e Barros consideram que a "ética é uma urgência" e que, apesar de tudo, "cada época tem os seus valores" e que estes precisam de ser reinventados ao longo dos tempos, principalmente porque cada "época levanta questões éticas diferentes." 

O modo como entendemos o que somos (a natureza da consciência humana) informa tudo o resto, torando esta área uma das mais importantes e urgentes para o nosso mundo em crise e em transformação. Para verificar a lista de investigadores da ciência da consciência de diversos campos académicos que poderá conhecer no I Congresso Internacional de Conscienciologia, 22 a 24 de Maio mais informações pode visitar o site http://icc.iacworld.org. Também pode contactar os organizadores por telefone (+ 351 268 959 148) ou correio electrónico ( iac.conferences@iacworld.org ).


Eng. Nelson Abreu
Departamento Cientifico, 
Vice-Director
International Academy of Consciousness
Los Angeles, Califórnia, EUA




MINI-BIOGRAFIAS DOS CONFERENCISTAS INAUGURAIS DO CONGRESSO INTERNACIONAL DE CONSCIENCIOLOGIA:

Nazaré Barros é professora do ensino secundário, licenciada em Filosofia na UCP e mestre em Administração e Organização Escolar pela Faculdade de Ciências de Lisboa, é autora de manuais escolares e obras de iniciação a Antero de Quental, Kant, Locke, Descartes, Platão, S. Anselmo e S. Agostinho, tendo-se dedicado ainda a temas de violência e vida escolar.

Mendo Castro Henriques é licenciado, mestre e doutorado em Filosofia, tendo feito estágios de pré-doutorado na Universidade de Munique, RFA, em 1990, e na Universidade de Stanford, EUA, em 1991. É professor da Universidade Católica, onde foi também diretor do Gepolis, Centro de Estudos de Filosofia e Cidadania, entre 1994 e 2004. É um dos principais dinamizadores do novo movimento cívico Português denominado Nós, Cidadãos. A sua investigação centra-se na área da Filosofia Política e da Filosofia da Consciência. Tem participado em Conferências Científicas e Culturais em Portugal e Alemanha, Angola, Bélgica, Brasil, Chile, China, Espanha, Estados-Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, Luxemburgo, Macau, e Marrocos e Uruguay.