Saturday, July 23, 2016

CDC Avançado 1 - Imersão no Autoconhecimento | Valor promocional até 15 de Agosto 2016
Ver este email no navegador
Recebeu este e-mail por ter uma ligação com a IAC World. Por favor reconfirme o seu interesse em continuar a receber os nossos e-mails. Se não desejar receber mais e-mails poderá remover a sua subscrição aqui.
IAC Portugal
Bem-vindos!
CDC - Avançado 1
Imersão no Autoconhecimento
2, 3 e 4 de Setembro de 2016
APROVEITE A OPORTUNIDADE ÚNICA NESTE FIM DE SEMANA PROLONGADO PARA PARTICIPAR NO CDC - AVANÇADO 1
IMERSO NA ENERGIA DO CAMPUS
O CDC Avançado 1 é um curso de imersão, com um total de 21 horas de atividades, que se realizará no fim de semana de 2 a 4 de Setembro de 2016, no Campus da IAC.

Este curso é dirigido a si que finalizou o Curso de Desenvolvimento da Consciência e tem como objetivo levar o participante a organizar um programa de mudanças intraconscienciais, a curto, médio e a longo prazo, necessárias para acelerar a sua evolução pessoal.

Durante o CDC Avançado 1, são fornecidas ferramentas aos participantes com as quais poderão desempenhar uma autoanálise mais profunda e expandir o seu autoconhecimento.
Esta autoanálise é direcionada de forma a facilitar a identificação da programação existencial de cada um dos participantes, bem como os seus amparadores, a avaliação da sua própria condição energética e a melhoria das suas próprias potencialidades conscienciais.
Benefícios
  • Ficar mais lúcido acerca dos trafores (traços força) para melhor serem utilizados no desenvolvimento pessoal, ajudando a promover uma vida mais produtiva;
  • Descobrir a direção da programação existencial pessoal ou meta de vida;
  • Ficar mais lúcido acerca do trafares ( traços fardos) que podem estar a dificultar o progresso pessoal;
  • Identificar as possíveis causas de bloqueios que impedem o desenvolvimento bioenergético saudável;
  • Perceber e reforçar a interação com amparadores;
  • Planear estratégias para reciclagens intraconscienciais na vida de cada um.
Programa do curso
  • Aprofundar conceitos da Conscienciologia - ciência da consciência - afins à pesquisa da autoconsciência e do autoconhecimento.
  • Estudo sobre Programação Existencial.
  • Estudo do Conscienciograma.
  • Fornecer técnicas para identificação e reprogramação do PenSenE padrão individual.
  • Discussão de documentário e filme.
  • Análise Intraconsciencial.
  • Análise holossomática.
  • Exercitar técnicas bioenergéticas que impulsionem o Estado Vibracional, bem como a autoconsciencialização multidimensional.
  • Aplicação de técnicas para o desenvolvimento do mentalsoma.
  • Promover a identificação do momento real da história evolutiva individual.
Reciclagem do CDC - Avançado 1

Se já frequentpu o CDC - Avançado 1, poderá agora ser o momento de o reciclar e assim ter a oportunidade de (com a assistência no curso) programar novas metas intraconscienciais na sua evolução, bem como realizar uma autoanálise e avaliação dos resultados já alcançados.
Inscrições e informações:
Lisboa: l
isboa@iacworld.org
Porto: porto@iacworld.org

Telm.: 961571574 | 961571604
Telf.: 213570144

Pré - requisito:
CDC 4 (aula 16)
Vagas limitadas


Como se inscrever?
Se completou as 16 aulas do CDC - Curso de Desenvolvimento da Consciência está apto a inscrever-se no CDC-Avançado 1.

Para reservar o seu lugar preencha e envie o formulário de inscrição (clique na imagem à direita).
Também poderá consultar as condições de inscrição, preços e outros detalhes no formulário.


Para mais informações contate o seu Centro educacional IAC
Obrigado pelo contínuo interesse nas actividades da IAC. Para doações ou pagamentos de cursos por transferência bancária utilize o NIB 0010 0000 3286 9380 0011 7.

A IAC (Academia Internacional da Consciência) é uma organização sem fins lucrativos dedicada à investigação científica da essência humana (consciência, alma), com especial ênfase na experiência fora do corpo, autodomínio das energias vitais e outras manifestações multidimensionais. Toda informação apresentada pela IAC está baseada em princípios científicos e anos de investigação e experiência.

© 2000 - 2015 IAC (Academia Internacional da Consciência). Todos os direitos reservados.

Facebook
Email

IAC - Centro Educacional Lisboa | Rua Latino Coelho, n.º 12 3º B | 1050 - 136 Lisboa | Portugal, Lisboa, Lisboa 1050, Portugal


Remover Subscrição

Promoção especial para quem já realizou o segundo módulo do CDC


Curso de Desenvolvimento da Consciência



O curso Desenvolvimento da Consciência é uma ótima ferramenta que lhe proporciona um maior desenvolvimento consciencial.


Inicio 20 e 21 de agosto de 2016.
 Mais informações contacte nos: e-mail lisbon@iacworld.org telemóvel 961571604



Thursday, April 21, 2016

1

Já pensou no termo PARAECOLOGIA?
em breve ... curso sobre o tema (clique na imagem)

Thursday, April 14, 2016


O NOVO CURSO * EM BREVE (clique na imagem)


Projeciofobia refere-se ao medo de passar por experiências fora do corpo físico ou percepcionar seres não físicos ou dimensões subtis.

O curso Projeciofobia acontecerá, no dia 25 de junho, nas instalações da IAC-Lisboa na R. Latino Coelho, Nº 12, 3ºB - Saldanha.

Informação em 961 571 604 / 961 571 574 ou  e-mail lisboa@iacworld.org  



Sunday, April 3, 2016


Módulo 1 | Lisboa | 09 e 10 de Abril 2016 
Módulo 1 | Porto | 7 e 8 de Maio 
Integre uma destas novas turmas e participe num dos cursos de desenvolvimento pessoal mais importante e completo em todo o mundo. O 1°lugar na categoria de Transformação de Vida, na comemoração do 21° Aniversário da Revista Kindred Spirit.
http://iacworld.bmetrack.com/c/v?e=9036E6&c=254A9&t=1&email=
ovv1t3qZSaoqOGqXRq601YbyzHNB5Rcr

Sunday, February 21, 2016


PROMOVENDO UM PARADIGMA MULTIDIMENSIONAL PARA O ESTUDO DA CONSCIÊNCIA

International Academy of Consciousness tem o prazer de anunciar o 2º Congresso Internacional da Consciência, a realizar-se em Miami, FL, de 19 a 21 de maio de 2017.
O evento criará um fórum global para discussões abertas e debates de pesquisas centradas no estudo da consciência.
Data limite para entrega de artigos: 30 de abril de 2016.
Pela contribuição ao desenvolvimento da ciência da consciência, agradecemos antecipadamente sua participação no 2º CIC. Será um prazer recebê-lo!

Acesse á página oficial aqui.

Thursday, February 4, 2016

IAC na primeira pessoa, com Rosa Maria, voluntária da IAC, dá-nos a sua visão do voluntariado e da sua importãncia na evolução da sua intraconsciencialidade 


SER VOLUNTÁRIO – UM DESAFIO

 (Vontade; Voluntariar-se; Voluntário; Voluntarioso; Voluntariado)

Para exercer o voluntariado, é necessário desenvolver a faculdade de querer, ou seja, ter vontade. A vontade é uma expressão de espontaneidade, de desejo, de disposição de espírito, de capricho, de brio, de persuasão íntima e também de necessidade física e moral.

Voluntariar-se é, gramaticalmente, um verbo pronominal, o que expressa sempre o sujeito que se propõe executar a sua vontade, ou seja a responsabilidade de levar a bom termo a tarefa que assumiu, contribuindo sempre para o seu melhor desempenho.

Voluntário é um substantivo e, ao pertencer a esse grupo gramatical, é porque tem substância; que subsiste por si; corpo; matéria; essência; é todo aquele que sente o apelo de uma vontade, oferecendo-se para ajudar, de modo assistencial, o desenvolvimento do meio em que opera.

Voluntarioso é um adjectivo que qualifica a vontade de exercer. Este adjectivo é neutro, mas pode ser também nosográfico caso a intencionalidade do agente não seja ortopensénica. O ser voluntarioso tanto pode ser um trafor (traço força) como um trafar (traço fardo). Como trafar exige que seja superado. Como trafor será útil no exercício de um voluntariado mais oportuno, mais eficiente.

A experiência diz-me que o voluntariado não é apenas, e cada vez menos será, o estar no local à hora marcada para desempenhar um trabalho rotineiro, como se apenas fosse, para o voluntário, uma ocupação do seu tempo disponível. Antes pelo contrário, ser voluntário é assumir a responsabilidade de zelar pelo desenvolvimento e pela coesão do grupo a que se está ligado. É preciso ser assistencial e a melhor maneira para que o efeito seja mais eficaz, tanto para o voluntário como para o assistido, é o empenho no desenvolvimento evolutivo. Ambas as partes saem a ganhar.

Quando comecei o meu voluntariado na IAC – International Academy of Consciousness, em 2009, não tinha qualquer sentimento sobre o que era o prazer de fazer sem receber dinheiro. Apesar de me achar muito desapegada do dinheiro, eu defendia ainda que o «meu trabalho tinha que ser pago», ou seja, eu estava ali apenas pela necessidade de empregar o meu tempo. O desapego ao dinheiro evidenciava uma incapacidade de lidar com uma situação para a qual, à data, não encontrava explicação, mas que hoje reporto à multiexistencialidade.

Com o tempo, e perante acontecimentos centrados em mim, verifiquei que o prazer de executar, de pensar e as tentativas de inovar começaram a criar um vínculo de responsabilidade, posso dizer, muito mais profundo do que aquele que eu tinha tido quando me encontrava na vida activa. Esse vínculo foi-se acentuando, permitindo-me ter momentos de grande satisfação com pequenas tarefas. Comecei a perceber também, com o decorrer do tempo, quanto o voluntariado tinha contribuído para melhorar a minha auto-estima, reduzir a minha insegurança e evoluir na minha intraconsciencialidade. Percebi, então, quanto o voluntariado me tinha «remunerado» mensalmente.
Passei por situações vexaminosas, onde a vergonha de mim mesma me deixou quase no fundo do poço não só pelo tempo perdido, mas muito por ter procrastinado o não querer ver os meus trafares (traços fardos) e trafales(traços faltantes) impeditivos de uma evolução consciencial. Ainda naquele patamar, de exercer um voluntariado de preencher tempos sem objectivos de crescimento, eu não sentia a necessidade de reciclagem de cursos nem a curiosidade de frequentar novos, pois não percebia como empregar a aquisição de conhecimento.

O Voluntário tem a responsabilidade de desenvolver o detalhismo e a atenção, para que no âmbito da interação diária seja um veículo subtil de evolução tanto na sua postura como na partilha do conhecimento, tendo sempre em perspectiva a redução de tempo nas rotinas instauradas para maior rentabilidade do poder criativo em toda a sua expressão, mas sobretudo na sua auto-pesquisa e desenvolvimento consciencial.

Por vezes, pode acontecer que o voluntário sobrestime o tempo doado à causa, criando uma intenção de que deverá ser reconhecido com gratuitidades a que se acha com plenos direitos. No meu ponto de vista, essa postura anula, quase por completo, a acção assistencial a que nos propomos logo de início, mesmo antes de estarmos dentro do conteúdo conscienciológico.

Quando o voluntariado é efectuado com continuidade, assumindo o compromisso, o voluntário é gratificado e, hoje, na minha opinião e ignorando que assim fosse, muito mais do que se tivesse uma remuneração pecuniária mensal. O contato diário com o meio em que exerce a sua tarefa favorece todo um desenvolvimento mentalsomático que passa, também, por um melhor conhecimento dos trafares, sempre impeditivos de uma realização pessoal plena, utilizando os trafores para a autosuperação.

Privilegiar o voluntário pela sua situação pode provocar um desvio na sua intencionalidade e conduzi-lo ao consequente aumento do débito na sua conta holocármica. Quando o voluntário dá o seu tempo e o seu trabalho de forma organizada e com responsabilidade, ele está a receber (sem saber quantificar) conhecimento proporcional ao seu investimento e isso ninguém pode tirar, nem ninguém pode cobrar, porque é uma compensação consciencial.

O Voluntariado tem sempre muita adesão nos rescaldos bélicos, catástrofes e, também no dia-a-dia, em âmbitos circunscritos e de apoio imediato à satisfação dos recursos básicos. É um recurso psicossomático. Hoje, tal situação continuará a manter-se enquanto não se conseguirem eliminar as suas causas. No entanto, para que o mal não perdure, é tempo de exercer também um voluntariado intelectual, ou seja, a partilha de conhecimentos, o desenvolvimento da polivalência, o gosto de saber, de se conhecer e de inovar, contribuindo assim para uma maior consciencialização individual e em conjunto. É também um meio de exercer uma maior assistência e de contribuir para uma melhor pensenidade em prol do universalismo. É um recurso mentalsomático.

Sunday, January 24, 2016



CURSO:

PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E EMOÇÕES

Profª Angélica Guidini
Holyspace , Santarém
27 Fev 2016 | 15h às 19h

As emoções e os sentimentos são manifestações humanas, que dão sentido aos acontecimentos do quotidiano.

É agradável sentir alegria, prazer, felicidade e serenidade, mas há desconforto frente a situações de irritação, tristeza, medo, culpa ou qualquer outra emoção mais negativa.

Este curso pretende levar às pessoas, uma nova visão da relação existente, entre os pensamentos que produzimos e os sentimentos/emoções que sentimos, bem como a sua consequente implicação no processo evolutivo, tanto a nível individual como grupal. 

Serão abordados processos emocionais (positivos e negativos), sob o foco daConscienciologia, oferecendo novas informações, recursos e técnicas para a compreensão e o amadurecimento das emoções, tornando-as mais positivas esadias. 

Tópicos Principais
  • Que influência tem os nossos pensamentos no processo emocional?
  • Quais as diferenças entre sentimentos e emoções
  • Porque manifestamos determinadas emoções e não outras?
  • Refletimos sobre o que sentimos no dia-a-dia?
  • Como o amadurecimento emocional promove a evolução?
Sobre a Professora: 
Angélica Guidini é licenciada em Medicina Dentária e professora da International Academy of Consciousness (IAC), desde 2000.

Iniciou a sua atividade pedagógica em Conscienciologia no Brasil em 1994, e tem proferido conferências e realizado cursos por várias cidades da Europa e Estados Unidos.

É voluntaria no Campus da IAC sendo responsável pela organização de sua Biblioteca.

Tem-se dedicado prioritáriamente á investigação do tema Relações Interconscienciais (entre indivíduos) e os seus processos evolutivos.

Inscrições: Pode inscrever-se no dia e no local.

Pode reservar a sua vaga através do preenchimento de dados na ficha de inscrição (aqui).

Se desejar pode efectuar o pagamento por duas vezes o primeiro até 30 de Janeiro e o segundo no próprio dia 27 de Fevereiro
Na ficha de inscrição encontram-se todos os dados para efectuar pagamento por transferência bancária
 

Para qualquer dúvida escreva para lisboa@iacworld.org
ou
ligue para os contatos aqui registados